bbrbet mines -Na primeira das atividades da visita de Estado à Etiópia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT

Lula formaliza convibbrbet mines -te para Etiópia integrar Aliança Global

Na primeira das atividades da visita de Estado à Etiópia,ópiaintegrarAliançbbrbet mines - o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) formalizou nesta sexta-feira (16) ao primeiro-ministro Abiy Ahmed o convite para que o país africano integre a Aliança Global Contra a Fome. A iniciativa é um dos focos da atuação brasileira à frente do G20 – esta é a primeira vez que o país ocupa a presidência do bloco.

Continua após publicidade

Ahmed confirmou a Lula que marcará presença, como convidado, na Cúpula do G20, que está marcada para novembro deste ano, no Rio de Janeiro. A União Africana, que tem sede na capital etíope, Adis Abeba, acaba de se tornar membro permanente do grupo.

Em encontro na cidade, Lula e sua comitiva debateram com o primeiro escalão do governo do país africano assuntos de interesse comum, como o comércio entre os dois países. Em 2023, as trocas somaram US$ 23,8 milhões (cerca de R$ 120 milhões na cotação atual) e o governo brasileiro vê espaço para mais.

A viagem de Lula e de ministros de Estado marca um esforço para retomada da política externa brasileira junto aos países africanos, algo que ficou suspenso entre 2016 e 22, durante os governos de Michel Temer (MDB) e, principalmente, Jair Bolsonaro (PL). A Etiópia é o segundo país mais populoso da África, com 125 milhões de habitantes, e acaba de se juntar ao Brics.

Além do encontro bilateral com o chefe de Estado etíope, a agenda de Lula no país prevê, ainda nesta sexta, a participação de um evento sobre agricultura e segurança alimentar que envolve líderes dos países africanos. Além disso, no sábado e no domingo (17 e 18), o presidente brasileiro será um dos convidados da Cúpula da União Africana, onde deve se encontrar com chefe de estados de outros países.

"Estamos falando de um continente que hoje tem cerca de US$ 3 trilhões de PIB. A Etiópia, por exemplo, acumula grande crescimento dentro do planeta pós-pandemia. E também há aqui países mais desenvolvidos, menos desenvolvidos e que, desde o início, trabalham com o presidente Lula a importância da Aliança Global Contra a Fome e contra a Pobreza", disse à

Agência Gov

o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, um dos integrantes da comitiva.

Edição: Rodrigo Durão Coelho


Relacionadas

  • Na Etiópia, Lula discute aumento do comércio, segurança alimentar e participa da Cúpula da União Africana

  • Lula chega ao Egito para discutir guerra, crise climática e acordos de cooperação

  • Lula volta à África para visita a novos membros do Brics

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.cc777sitemap